Receba um pedaço da Caju toda semana.

Inscreva-se na nossa newsletter e receba as principais novidades que o profissional de RH precisa saber para se destacar no mercado.

Benefícios corporativos

Como implementar o vale-combustível na sua empresa

Entenda como funciona o vale-combustível e quais são os benefícios de implementar essa modalidade na sua empresa!

Criado em

Atualizado em

por Michele Fernandes

Leia em 9 minutos

Mão segurano uma mangueira de combustível enquanto abastece o carro.

O vale-combustível, ou auxílio-combustível, é uma quantia fixa mensal que a empresa oferece aos funcionários para deslocamentos com o próprio carro ou com carro da companhia.

Hoje, existem diversos auxílios para os colaboradores de uma empresa, fato que ajuda a torná-los mais satisfeitos e engajados com o trabalho, o que reduz muito o turnover. O vale-combustível é uma dessas opções que tem crescido na preferência tanto dos empregadores quanto dos funcionários.

Ao pagar o vale-combustível, os colaboradores não precisam pagar gasolina, álcool ou diesel diretamente do salário, garantindo mais poder de compra com o que ganham. Em tempos em que o preço do combustível tem variado bastante, essa se torna uma opção cada vez mais atraente e que faz os olhos brilharem em termos de benefícios para novos funcionários.

Quer saber mais detalhes sobre o vale-combustível? Continue lendo o artigo que a Caju Benefícios preparou. Trazemos várias dicas para implementar essa modalidade na empresa!

O que é vale-combustível

O vale-combustível é um valor fixo pago todo mês por uma empresa aos seus funcionários para que eles façam deslocamentos a trabalho. Isso vale tanto para o trajeto casa-trabalho, feito diariamente, ou também para viagens a trabalho.

Ele acaba sendo uma opção interessante para quem tem carro e não precisa do vale-transporte. Também pode ser oferecido a clientes ou fornecedores quando se locomovem até a sua empresa ou fazem trajetos em nome da companhia.

Para ter direito ao vale-combustível, o trabalhador deve manifestar interesse junto ao RH. O benefício, quando disponibilizado pela empresa, pode ser utilizado por quem possuir veículo que utiliza para ir trabalhar.

Existem algumas opções para fornecer o vale-combustível, até mesmo o reembolso é uma forma de pagá-lo. A seguir, nós trazemos mais detalhes.

Como oferecer o vale-combustível aos seus colaboradores?

Você pode pagar o vale-combustível de diferentes maneiras. Veja quais são e seus pontos altos e baixos.

Reembolso

O reembolso do vale-combustível consiste em pagar o colaborador após os abastecimentos do veículo, ou seja, a empresa faz o reembolso todo mês, em uma data pré-fixada, mediante as notas apresentadas pelo funcionário.

É uma boa opção porque antes pagar o reembolso do que nenhum tipo de vale, certo? Mas é pouco prática: o colaborador acaba pagando do próprio bolso e ainda precisa guardar todas as notas para fazer sua prestação de contas.

Vale com valor determinado

Muitas empresas, em acordo com postos de combustíveis, oferecem vales que podem ser usados em postos específicos, não em qualquer um.

Também é melhor que nada, mas nem sempre dá toda a liberdade que o colaborador espera. Alguns postos não aceitam, obrigando o funcionário a usar o vale-combustível em locais em que o preço da gasolina ou álcool está mais caro.

Cartões corporativos

Essa acaba sendo uma opção bem certeira e a preferida por colaboradores e empregadores. O valor é depositado todo mês e o colaborador consegue usá-lo em diferentes postos ao longo de todo o mês.

Com a Caju Benefícios, diferente dos benefícios tradicionais onde os colaboradores recebiam apenas auxilios como os cartões de vale-refeição e alimentação, em cartões separados, você pode oferecer um único cartão multibenefícios ao colaborador com valores específicos para vale-combustível, vale-alimentação, vale-cultura e etc. Além disso, o colaborador acompanha o saldo por meio do aplicativo simples e intuitivo de usar. Para a empresa, a implementação é rápida e sem custos.

Leia também: Remuneração estratégica: descubra o que é e como colocá-la em prática

Diferença entre vale-transporte e vale-combustível

O vale-transporte é previsto em lei como garantia de locomoção do trabalhador para o ambiente laboral, quando em regime presencial. Nesse caso, existe também a possibilidade de desconto, que compreende até 6% do salário bruto do funcionário, desde que esse total não ultrapasse o valor fornecido para deslocamento.

Já o vale-combustível é um benefício sem obrigatoriedade legal, que pode ser ofertado pela empresa como um complemento ao salário. Não pode ser descontado nenhum tipo de valor da folha de pagamento. 

O que diz a CLT sobre o vale combustível

Enquanto o vale-transporte é uma obrigação que consta na CLT, como um direito do trabalhador, o vale-combustível não está previsto na Consolidação das Leis Trabalhistas. Isso o torna um benefício opcional — ou seja, cabe aos empregadores decidirem se vão ou não pagar o vale-combustível.

Visto que é opcional, tanto colaboradores em regime de CLT quanto com outros contratos de trabalho podem recebê-lo. A dica é estabelecer uma política clara, que seja de conhecimento de todos, mas vamos trazer mais detalhes no próximo tópico.

Para quem optar por pagá-lo, acaba ganhando um diferencial competitivo bastante forte para o employer branding da companhia.

Como implementar o vale-combustível em sua empresa

Se você sentiu curiosidade em entender como começar a oferecer o vale-combustível a seus colaboradores, é só ler com atenção nosso passo a passo!

Faça pesquisas

Antes de simplesmente oferecer, converse com responsáveis por outras empresas e entenda como eles oferecem esse benefício opcional. Isso permite pagar valores que estão de acordo com o mercado, assim você não paga nem excessivamente a mais nem a menos.

Outro ponto importante é entender a visão dos seus colaboradores. Uma pesquisa interna pode trazer um caminho mais claro sobre expectativas de valores e a forma mais prática de receber o vale-combustível.

Estabeleça uma política 100% transparente

Ser transparente em relação aos benefícios é algo que não se pode contestar. Redija a política deixando claro quem são as pessoas elegíveis a receber o vale, o valor, o dia do mês a receber, entre outros.

Antes de começar a pagar propriamente o benefício, sua empresa pode fazer uma reunião de tira-dúvidas ou criar uma apresentação e compartilhar com todos os colaboradores.

Defina um valor razoável e competitivo

Não pense que pagar uma quantia irrisória é melhor que nada. Essa condescendência em relação a benefícios não tem mais sentido com tantas informações circulando sobre as empresas — isso pode até gerar um employer branding negativo.

Portanto, estabeleça um valor competitivo em relação às demais empresas que oferecem o vale-combustível, afinal, oferecê-lo tem a ver com um objetivo, certo? Seja facilitar a atração e retenção de talentos ou melhorar a satisfação dos colaboradores, isso deve pesar na decisão final.

Esclareça quem tem direito ao vale-combustível

Em geral, o vale-combustível é uma opção para as pessoas que não precisam ter vale-transporte. Costumam ser elegíveis quem tem carro ou quem usa o carro da empresa para os deslocamentos. Deixe isso bem claro em sua política, combinado?

Converse com diversos fornecedores

O último passo na implementação do vale-combustível na sua empresa é buscar bons fornecedores, que tenham soluções que sejam interessantes aos colaboradores e também ao RH e departamento pessoal da companhia.

Nesse sentido, a Caju Benefícios sai na frente. A implementação não tem custos extras ao RH, também temos um time de suporte sempre pronto a ajudar. Quanto aos colaboradores, todos vão ter em mãos um cartão com a bandeira Visa, aceito em qualquer estabelecimento. Além disso, nosso aplicativo é simples de usar.

Como calcular o vale-combustível para os colaboradores

Quase sempre, oferecer vale-combustível significa pagar valor padrão para todos os colaboradores, mais ou menos como funciona com o vale-transporte. Existem algumas empresas que pagam por quilometragem rodada, o que nem sempre é viável e prático no dia a dia.

Já em relação ao reembolso, esse precisa ser pago mediante às notas tiradas ao longo do mês ou período definido.

Quais são os benefícios de oferece vale-combustível

Contando que ele não é um benefício previsto em lei, mas sim opcional, o simples fato de oferecer de acordo com uma boa política acaba fazendo com que os colaboradores se tornem mais satisfeitos. Mas essa não é a única vantagens, confira as outras:

  • elimina o controle manual e pouco eficaz dos reembolsos;
  • traz mais um benefício para colaboradores que usam o próprio carro ou da empresa e não precisam do vale-transporte;
  • é um elemento interessante para a atração e retenção de talentos;
  • traz um diferencial competitivo para a empresa;
  • garante a praticidade na implementação, contando que você opte por bons fornecedores.

Tirou suas dúvidas sobre o vale-combustível? Então, agora é a hora de entender as preferências de seus colaboradores e estipular uma política para oferecer o vale.

Quanto a conversar com fornecedores para avaliar a melhor opção, você pode poupar esse trabalho e falar direto com a Caju Benefícios porque temos, de fato, a melhor opção do mercado.

Na hora de pagar o vale-combustível, escolha a Caju!

Com a Caju Benefícios, você não paga taxas de implementação e conta com a solução mais aceita nos estabelecimentos, já que nosso cartão de benefícios flexíveis tem a bandeira Visa. É prático para colaboradores e para o RH. Converse com um especialista para tirar mais dúvidas!

Dúvida frequentes

Pode descontar o vale-combustível na folha de pagamento?

Não pode. Mas isso gera muita confusão, visto que o vale-transporte pode ser descontado no salário — 6% para sermos mais exatos. Porém, como o vale-combustível é um benefício opcional, esse valor não poderá ser descontado em folha.

Vale-combustível vs. vale-transporte: qual oferecer?

O vale-transporte é um benefício previsto na CLT, de acordo com as necessidades do colaborador — muitos optam por ele para facilitar o transporte. Já o vale-combustível é um benefício opcional, em geral, exclusivo para quem não usa o de transporte. Entenda com seus colaboradores quais são as principais necessidades.

Vale-combustível vs. reembolso: o que é mais vantajoso?

A escolha do vale-combustível é mais certeira por ser prática, evita que o funcionário fique guardando recibos para depois fazer o acerto de contas. Também, com o vale, não é preciso que o colaborador pague do próprio bolso para ser ressarcido depois.

Conheça a Caju

Preencha o formulário de interesse abaixo.

Entraremos em contato com as melhores soluções para sua empresa.

Compartilhe nas redes sociais

Michele Fernandes

Marketing

Profissional da área de comunicação há mais de 10 anos, com especialidade em criação e estratégia de conteúdo B2B em empresas de tecnologia.

Ver todos os posts dessa autoria

Receba um pedaço da Caju toda semana.

Inscreva-se na nossa newsletter e receba as principais novidades que o profissional de RH precisa saber para se destacar no mercado.