Plano de benefícios flexíveis: tire suas dúvidas sobre o assunto

February 3, 2021
Benefícios

Atualmente, muito se fala sobre a saúde organizacional e o quanto ela é importante para os colaboradores de uma empresa. Além disso, muitas pessoas buscam trabalhar em organizações que incentivem o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal. Nesse contexto, a tendência dos benefícios flexíveis tem ganhando cada vez mais espaço nos negócios.

Essa estratégia já é usada nos Estados Unidos desde a década de 70, mas chegou há alguns anos no Brasil, trazendo várias vantagens para os empregados e empregadores. Os benefícios flexíveis são uma estratégia de gestão de pessoas, assim como a remuneração e outros benefícios tradicionais, como o plano de saúde ou vale-transporte.

Se interessou pelo assunto? Então, acompanhe o post a seguir com um guia completo para responder às suas dúvidas sobre os benefícios flexíveis e veja como esse plano pode melhorar a saúde organizacional da sua empresa. Boa leitura!

O que são os benefícios flexíveis?

Antes de seguirmos para as dúvidas mais comuns sobre os benefícios flexíveis, é válido deixar claro o que é esse plano. Geralmente, as empresas escolhem os benefícios tradicionais, como citamos dois exemplos anteriormente. Essa opção é para atender à legislação e aos pedidos das convenções coletivas de algumas classes de trabalhadores.

No entanto, pode acontecer de esse benefício ofertado não ser o que melhor se enquadra à necessidade dos empregados. Afinal, hoje em dia, as empresas lidam com diferentes perfis de pessoas. Portanto, os benefícios flexíveis dão a oportunidade para os colaboradores escolherem um plano mais adequado às suas preferências.

No plano flexível, podem ser inseridos os benefícios obrigatórios, mas também são inclusos outros para os colaboradores escolherem conforme interesse — por exemplo, um plano médico, previdência privada e seguro de vida.

Quais as vantagens para a saúde organizacional?

É claro que toda mudança ou implementação nas empresas deve trazer vantagens para o empregador e o empregado, visando à melhora da saúde organizacional. Com os benefícios flexíveis, não é diferente.

A seguir, entenda algumas das vantagens de adotar essa medida.

Atração e retenção de talentos

Apesar de ser uma estratégia inovadora no Brasil, as empresas que adotam os benefícios flexíveis conseguem aumentar a sua competitividade. Sendo assim, se tornam empresas vistas como bons lugares para trabalhar. Consequentemente, aumenta a oferta de talentos e diminui a taxa de rotatividade de funcionários.

Satisfação dos empregados

Ao ter benefícios de acordo com as suas necessidades, bem como a liberdade de escolha, os profissionais trabalham mais satisfeitos. Os líderes com visão sabem o quanto isso impacta positivamente na empresa, elevando os níveis de engajamento, produtividade e desempenho.

Atenção às necessidades dos colaboradores

A diversidade dentro da empresa, seja ela de idade, cultura, personalidade e outras, pode trazer inúmeras vantagens produtivas para o negócio. Consequentemente, lidar com pessoas diferentes aumenta o foco em necessidades diferentes e individuais. Por isso, conseguir — ou, pelo menos, tentar — atender a cada uma delas é essencial para obter bons resultados.

Quais os tipos de benefícios flexíveis?

Agora que você entendeu o que é um plano flexível e as vantagens em aderir a um, conheça alguns dos principais benefícios que devem entrar nos seus cálculos.

  • plano de saúde: bastante comum e incentiva a saúde dos empregados;
  • plano odontológico: pode não ser prioridade para a maioria, apesar de os serviços dessa área terem custos altos. Por isso, é interessante ter flexibilidade;
  • previdência privada: interessante para todas as idades, pois incentiva o planejamento financeiro futuro;
  • auxílio-creche: para quem tem filhos, permite economizar e se sentir mais motivado no trabalho;
  • vale-combustível ou vale-estacionamento: atrativo para quem usa o próprio veículo para trabalhar ou viajar a trabalho;
  • vale-cultura: incentivo ao lazer, pois pode ser usado em várias atividades culturais;
  • bolsas de estudo: ajuda identificar os funcionários que querem crescer e serve como um apoio;

O que diz a legislação?

Entre as preocupações do empregador, a principal é se os benefícios flexíveis podem trazer problemas legais à empresa. Nesse sentido, são quatro os principais artigos que você encontra na CLT sobre o tema: benefícios.

Sendo assim, os artigos 457 e 458 determinam quais benefícios integram e quais não integram a remuneração dos empregados. Já o artigo 468 trata sobre mútuo consentimento e por fim, o artigo 75-D traz sobre ajuda de custo em caso de teletrabalho (auxílio home office).

Portanto, os artigos da CLT não implicam nenhum impedimento, desde que a modalidade do plano tenha o consentimento do empregado e que ele não sofra prejuízo com essa política de distribuição dos benefícios.

Entretanto, é sempre recomendado que o RH consulte o sindicato da categoria ou um advogado trabalhista para garantir que todas as especificações sejam seguidas. Afinal, a implementação do plano flexível deve cumprir as exigências dos trabalhadores.

Como montar o plano?

Para montar e implementar os benefícios flexíveis na empresa, é necessário organização, planejamento e a expertise em people analytics dos profissionais de RH. Com isso, em quatro passos, é possível ter o plano definido. Veja:

  1. considere o plano de benefícios atual da empresa, como regras, vencimento do contrato, investimento e normas da convenção coletiva;
  2. depois do mapeamento, considere as necessidades dos colaboradores. Para isso, faça uma pesquisa de clima e pergunte o que eles gostariam de ter como benefício;
  3. entenda o momento da empresa — mais especificamente, se há condições de mudar ou implementar um plano flexível. Afinal, ele pode aumentar os custos organizacionais, embora, em longo prazo, também contribua para a redução de custos (quanto maior a pontuação dos planos, maior o impacto na saúde organizacional e no financeiro);
  4. por fim, defina a política dos benefícios flexíveis, como pontuação, pacote mínimo obrigatório, opções de benefícios e prazos para implementação.

Como administrar?

Ter um plano flexível na empresa exige mais atenção da equipe de RH e, consequentemente, maior dedicação. Alguns dos benefícios oferecidos nesse pacote não são convencionais, o que pode ocasionar algum problema trabalhista, por exemplo, se um funcionário entender que outro colaborador tem mais vantagens que ele.

Por isso, o profissional de RH deve estar atento às normas da legislação e aos pedidos ou alterações nas convenções trabalhistas. Vale mencionar, porém, que implementar esse plano diminui a necessidade de acompanhamento do nível de satisfação da equipe.

Quais erros devem ser evitados?

Como mencionamos, para implementar os benefícios flexíveis, é necessário ter um planejamento. Nesse sentido, antes de a empresa aderir a essa modalidade, ela deve analisar cuidadosamente os pedidos previstos na legislação a fim de evitar processos trabalhistas.

Além disso, a comunicação com os colaboradores deve ser clara e documentada, pois eles precisam estar cientes quanto à validade dos benefícios e de acordo com as opções selecionadas. Geralmente, os pacotes flexíveis duram de seis meses a um ano, não podendo ser alteradas as opções antes do vencimento.

Durante essa comunicação, é importante esclarecer as dúvidas dos empregados e respeitar a seleção de cada um, sem que a empresa interfira na escolha.

Vale ressaltar que, nesse cenário, a organização precisa avaliar e considerar o perfil dos funcionários, pois esse tipo de benefício é mais comumente aceito por profissionais jovens, entre 20 a 35 anos, e que trabalham em escritórios.

Por fim, é importante ressaltar que os benefícios flexíveis potencializam a saúde organizacional, melhorando o clima da equipe. Por isso, ele pode ser facilmente adotado na empresa com o apoio da Caju Benefícios, especializada na área e com capacidade para dar todo o apoio na gestão dessa estratégia para o seu negócio.

Ficou interessado? Aproveite para entrar em contato conosco e saber mais sobre os nossos serviços!

Caju Team

Caju é uma plataforma de benefícios para quem se importa com seus colaboradores!

Substitua todos seus cartões de benefícios pela Caju! Aqui você consegue comprar os benefícios do seu time de um jeito fácil e que seu time vai amar!

Artigos Relacionados

Assine nossa newsletter

Receba as novidades da Caju em primeira mão

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form