Passo a passo: como fazer um planejamento estratégico de RH

January 20, 2022
Recursos Humanos

Pesquisas da Forrester indicam que 71% dos tomadores de decisão brasileiros acreditam que a experiência dos colaboradores será um dos fatores mais importantes para o sucesso econômico de sua empresa

Dessa maneira, é fácil entender a importância do processo de planejamento de gestão de recursos humanos – o processo pelo qual as organizações determinam como contratar adequadamente a equipe para atender às necessidades de negócios e aos clientes

Apesar da necessidade óbvia, muitas organizações não possuem um processo de planejamento estratégico de recursos humanos, com quase um terço dos profissionais de RH dizendo que seus departamentos precisam melhorar o alinhamento estratégico.

Se você já pensou em desenvolver um processo de planejamento de RH, está no lugar certo. Este artigo explicará o que esse processo envolve e como você pode documentar seu plano estratégico. Continue lendo para entender melhor e saber como montar o seu!

O que é um planejamento estratégico de RH?

O planejamento estratégico de RH é uma das peças para o sucesso de uma empresa e faz parte de um dos indicadores, entre eles, a promoção do nível de satisfação de todos os que formam o quadro de colaboradores.

Esse novo RH também se difere do operacional no sentido de que auxilia as estratégias da empresa e opina diretamente sobre elas, participando ativamente de todo o processo de planejamento estratégico e de tomada de decisões — além de traçar, junto à organização, metas de curto, médio e longo prazo.

Por que fazer um planejamento estratégico de RH?

O planejamento estratégico do setor de RH concilia, ao máximo, todas as perspectivas do negócio, fazendo-se essencial que o RH participe do planejamento estratégico da organização. 

Sua atuação tem trazido valiosas e imensuráveis contribuições em diferentes aspectos relacionados à gestão de pessoas, respeitando também a cultura organizacional.

Isso implica numa avaliação robusta em diversas atividades, como:

  • desenvolvimento organizacional;
  • recrutamento e seleção inteligente;
  • capacitação dos colaboradores;
  • metodologias de avaliação de desempenho;
  • nível de satisfação, individual e coletivo.

Que vantagens há em planejar estrategicamente o RH?

As empresas identificaram que é fundamental ter ferramentas de gestão organizacional e o RH estabeleceu isso em seu setor, de maneira totalmente estratégica para auxiliar o desenvolvimento, a capacitação e o treinamento de seus colaboradores, a fim de contribuir no sucesso da empresa.

Até porque, com a transformação digital e suas inovações tecnológicas, as novas dinâmicas de mercado possibilitam que a terceirização seja um perfil profissional mais versátil, contribuindo para que esses elementos tornam-se fundamentais.

Veja algumas vantagens:

  • redução de perda de funcionários;
  • redução de custos;
  • aumento de produtividade;
  • atração e retenção de talentos;
  • promoção da comunicação corporativa.

Agora que você já sabe o que é, para que serve e quais vantagens oferecem para a empresa, chegou a hora de aprender o passo a passo para fazer um planejamento estratégico de RH, totalmente eficiente!

6 passos para fazer um planejamento estratégico de RH 

Montar um planejamento estratégico de RH se baseia, de forma geral, na busca por melhorias que proporcionem o crescimento e o bom funcionamento da empresa, além do bem-estar geral dos colaboradores.

A empresa deve identificar, inicialmente, as suas necessidades humanas e fazer um mapeamento inicial para que o plano de ação seja desenhado.

Assim, é possível estabelecer as metas e objetivos de curto, médio e longo prazo. Planejar com cautela todas as ações do setor é o caminho para uma gestão de pessoas mais satisfatória e pautada em resultados.

Leia também: Por que uma plataforma de benefícios corporativos pode melhorar os resultados em RH?

É com o planejamento estratégico de RH  que a companhia pode identificar, junto ao setor, os pontos de melhoria e quais são os possíveis riscos envolvidos em suas ações. Dessa forma, é possível prevenir erros a tempo, remediar problemas e aperfeiçoar aquilo que já está dando certo.

Vale, também, monitorar o mercado: o que a concorrência e o setor, como um todo, estão fazendo para contornar os problemas que o diagnóstico inicial previu na sua empresa?

Veja abaixo alguns pontos importantes a considerar na hora de fazer o planejamento estratégico de RH:

1.Conheça os objetivos da organização

O primeiro passo para estruturar um planejamento eficiente é conhecer em profundidade a estratégia do negócio e suas metas, para desenvolver ações alinhadas. Assim, será possível adotar medidas acertadas para a tomada de decisões.

2. Pontue os objetivos do RH

O RH também tem seus próprios objetivos e isso não pode ser desconsiderado ao longo do processo. 

Na elaboração do planejamento, é também fundamental entender e considerar as necessidades da empresa no que diz respeito ao setor de RH, ou seja, o desenvolvimento dos funcionários, os índices de saída deles, a atração e retenção de talentos, a produtividade, o fortalecimento do espírito de equipe e por aí vai.

O planejamento estratégico deve conhecer cada uma dessas necessidades, identificando quais as mais urgentes e que merecem mais atenção, pois isso sem dúvidas vai refletir nas ações de coordenação.

3. Treine os líderes

Também é importante ter em mente que o planejamento estratégico de RH não se limita a esse departamento. Como ele diz respeito a todos os membros do negócio, ele deve ser compartilhado. 

Por esse motivo, a capacitação gerencial vai orientar os esforços da equipe em busca de resultados mais satisfatórios para a empresa, pois o ambiente de negócios atualmente requer mais agilidade, dinamismo e inovação.

O gestor deve saber trabalhar com emoções, reconhecer o esforço de seus funcionários, envolver todos na elaboração dos projetos. 

Isso é resultado da capacitação de boa qualidade das lideranças. Esse envolvimento permitirá que as outras áreas contribuam com novas ideias, fazendo sugestões que possam colaborar para os próximos passos.

Além disso, a união que se dará a partir dessa etapa será importante para que orientações aos gestores também sejam dadas. Eles devem ser instruídos e treinados sobre o que fazer para atuar dentro da dinâmica estabelecida.

4. Faça a SWOT corporativa

O método SWOT é importante, pois ajuda a empresa a identificar não só as oportunidades de negócio, mas também os seus pontos fortes e fracos. 

Além disso, essa análise estratégica faz com que todos os recursos empresariais se tornem vantagens competitivas. Através da SWOT, o planejamento estratégico de RH poderá definir as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças que vão orientar as ações daqui para frente. 

Uma matriz SWOT funciona com base em 4 conceitos principais:

  • strenghts — forças;
  • weaknesses — fraquezas;
  • opportunities — oportunidades;
  • threats — ameaças.

5. Usufrua da tecnologia

Atualmente, o uso de softwares de gestão tem transformado por completo a vida dos gestores de RH. Esse departamento pode efetuar contratação com mais eficiência, administrar os perfis de seus colaboradores, obter com segurança dados necessários para uma tomada de decisão eficaz — permitindo que o planejamento e a execução de estratégias tornem-se mais rápidas e seguras.

6. Crie planos de ação

Nessa etapa, basicamente é hora de pensar como tudo que foi discutido até então pode ser transformado em ações práticas. 

Trata-se da criação de soluções para as situações problemáticas. Isso significa definir quais serão as soluções para os problemas identificados e quais serão as métricas que vão nortear o monitoramento de todo o processo. 

É fundamental que esse passo seja desenvolvido de forma integrada e com o devido acompanhamento (por meio de métricas).

Gostou do conteúdo? Então siga a Caju no LinkedIn para acompanhar mais novidades sobre o setor de RH. 

Caju

A Caju é uma empresa de tecnologia fruto do empreendedorismo brasileiro para aqueles que enxergam pessoas por trás dos seus colaboradores. Oferecemos produtos mais flexíveis e inovadores que transformam as interações e relações entre pessoas e empresas em uma nova experiência.

Artigos Relacionados

Assine nossa newsletter

Receba as novidades da Caju em primeira mão

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form